top of page
Buscar
  • Foto do escritorLilia Marianno

Natal não banal

Eu sou dessas pessoas nascidas logo depois do Natal. No meu caso, a semana 25 a 31 de dezembro possui três datas celebrativas, ao invés de duas. Devido às atenções das pessoas com a movimentação de fim de ano, eu aprendi a passar essa época num recolhimento especial, em profunda revisão de vida.


Talvez por isso o Natal seja mais especial para mim do que para muitas pessoas. Não gosto de enviar mensagens triviais do tipo: “só para não dizerem que não mandei”. Sempre que escrevo nesta época estou neste processo de “reset” pessoal, na ponta do iceberg de reflexões que acontecem dentro de mim, tudo muito visceral.


Por isso querid@ familiar, amig@, parceir@ de trabalho ou ministério, cliente, colega, fã, (descobri que tenho fãs! kkk), qualquer que seja a categoria que você pertence na minha vida, meu desejo é que este tempo de celebração te convide a fazer um mergulho profundo e amoroso na sua própria existência, reconhecendo o Emanuel – Deus conosco - que te habita. E que neste mergulho sejas inundado por uma profunda gratidão, dessas que te move às ações de generosidade com o próximo, mas acima de tudo, consigo mesmo.


Nestes meus recolhimentos, tenho descoberto que é possível ser avarenta de muitas maneiras e que ser generosa comigo mesma é dificílimo. Exige desapego daquelas culpas de estimação que me assombram no sentimento de derrota por não atender às expectativas das pessoas que me amam. Requer uma consciência bem amadurecida sobre ter chegado aos meus próprios limites. Demanda uma enorme inteligência emocional, dessas que sabe distinguir quando procrastinei, quando poderia ter dado mais de mim ou quando fiz muito além d o que deveria. Exige muita cura interior e capacidade de enxergar o próximo de maneira amorosa, misericordiosa e não-avarenta.


No Natal celebramos a expressão máxima de generosidade do Criador por suas criaturas. Então, sejamos generosos! Que essa generosidade se materialize em nossas atitudes e pensamentos.


Feliz Natal e um 2023 demarcado por atravessamentos de generosidade em todas as direções.


Um abraço grande e carinhoso.

Lília Marianno.

25 de dezembro de 2022.






Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page